sábado, 5 de fevereiro de 2011

Capitulo 40 - Pare de viver no futuro

Oiii! Gente, tem uns blogs muito legais. 
O primeiro é da Clara Lima, é muito bonitinho e está no começo. 

Agora tem outro blog. Esse é da Dudah, a fic já começou e é mto bom tbm.
Olhem lá, comentem, sigam e divulguem!

    Emi: on
 Eu me diverti muito com Selena naquele dia. Ela havia me ajudado a escolher a roupa que usei para a estréia do álbum da Natty, além de rir para valer.
 As semanas se passaram e já estávamos em meados de Novembro e a turnê estava mesmo bombando. As fãs me perguntavam sobre a saúde de Joe, mesmo que ele estivesse bem.
  Falando sobre Joe, ele estava cada vez mais fofo. Nós conversávamos muito sobre eu ir para o Alaska.
  Também tinha o Nick e a Natty, que pareciam estar em um romance que nada e ninguém quebraria. Eles diziam coisas bonitas uns para os outros. Diziam que se amavam o tempo todo e  há vários roubos de beijos de certo em certo tempo.
  O aniversário de Kevin passou e foi uma grande bagunça. Foi muito engraçado ver o que os meninos aprontavam.
  Eu estava me conformando sobre mudar de cidade e implorar para minha mãe deixar eu ficar em LA, mas eu escutava Natty chorar toda noite e eu sabia muito bem o porquê, e quanto mais os dias passavam, os choros ficavam mais fortes, e o pior: eu não podia fazer nada.
  Mas agora é um novo, outro show, outra cidade. Estávamos em Pheonix e aqui é quente tanto no inverno quanto no verão.Ok, eu exagerei, mas é que hoje está muito quente.
  A gente estava entrando no hotel quando Joe veio por trás de mim me abraçando. Eu estava distraída acabei me assustando.
  - Ai Joe! - eu gritei agora rindo. - Não faça mais isso! - ele beijou meu pescoço e respondeu:
  - Tá bom, mas foi engraçado.
  - É Emi - Natty chegou apoiando-se nos meus ombros - Foi BEM engraçado.
  - Não exagera. - respondi
  - Tá legal, mas foi divertido. - ela sorriu.
  - Nossa, você se separou do Nick! - falei voltando a andar.
  - Ele está pegando algumas coisas dele. - ela disse sorrindo - e milagres acontecem, não é?
  - Hm' - respondi não ligando muito o que ela disse porque logo ela estaria com ele de novo.
  - Sabe, acho que desde que eu voltei com o Nick, nós não temos nos divertido muito juntas - Natty disse arrumando sua bolsa no ombro e eu acenei - Eu te admiro. - ela continuou - Você consegue conciliar amigos com os namoros, mas eu te abandono. - ela me olhou carinhosamente. - Que tal almoçarmos hoje juntas?
  - Vai ser bom - respondi e ela me abraçou. Nick tinha chegado até nós.
  - E ai meninas, fazendo planos para hoje? - ele perguntou passando o braço em torno de Natty
  - Na verdade estávamos. - eu respondi sorrindo parando na frente do elevador. - Já vão subir?
  - Agora não. - ele respondeu - Vou pegar a chave do quarto meu e do Frank. - ele disse alguma coisa com Natty pelos olhos - Até mais. - ele se despediu de mim. Natty foi a próxima.
  - A gente se encontra à uma no McDonald's do shopping - ela piscou para mim - Deu vontade de comer porcaria. - nós rimos e ela foi esperar Nick na recepção.
  A manhã passou rápido em meio aos compromissos. Depois de responder as perguntas dos jornalistas, fui tomar um banho.
  Natty estava me já esperando no restaurante. E estava animada.
  - Oi Emi! - ela disse quando parou de encarar o nada e me avistou - Você demorou. - disse-me rindo.
  - Só 9 minutos. - expliquei-me.
  - Só estou brincando! - ela falou e nós duas rimos - Já sabe o que vai pedir?
  - Sim - respondi - Um Big Mac.
  - Interessante - Natty refletiu um pouco e logo falou - Vou querer um Big Tasty. Vamos na fila?
  - Vai lá e pede pra mim - disse - Vou guardar o lugar.
  - Tá. - ela respondeu. Natty ficou na grande fila, mas voltou até que rápido com os lanches.
  - Então Natty, - comecei - Eu estive pensando, você está aqui agora e seus pais estão no Brasil, por que você não pode continuar aqui?
  - Porque eles não deixaram - ela respondeu triste - já pensei nisso. Pensei também em ir morar com a Tia Molly no Tennensee, mas ela é uma tia distante. Não tem saída.
  - É uma pena - respondi quando ela abaixou o olhar - Mas o Brasil é legal.
  - Não, não é.
  - É sim. - teimei - Me lembro de lá. E também tem shopping, McDonald's...
  - Não tem você, - ela argumentou -  nem o Joe, nem o Kev, nem Nick - ela olhou para baixo de novo e vi ela segurando uma lágrima. Percebi então que era hora de mudar de assunto.
  - Wow, você e o Nick, hem... Estão no país das maravilhas. - eu disse. Natty riu e mordeu o lanche.
  - É... - ela disse já com a boca vazia. - Ele é perfeito.
  - É. Sabe o que parece? Que vocês estão recompensando o tempo que perderam separados. - ela sorriu.
  - Você e o Joe também são lindos e nunca se separam. Admiro vocês. - ela falou - E vão poder continuar juntos.
  - Você e Nick também podem! - falei - É só...
  - Não dá para namorar por Webcan e eu nunca mais vou vê-lo. - ela explicou - E eu espero que ele nunca se esqueça do tempo que passamos juntos.
  - Natty! Desse jeito parece que não o conhece. Ele não vai esquecer. Vai por mim. - Ela sorriu agradecida. Parecia que ela sabia disso mas precisava de alguém que para dizer isso a ela.
  - Eu sei, é que às vezes eu me sinto tão... insegura. - ela segurou as lágrimas novamente - Que tal fazermos umas compras? Me distrai. - ela falou mudando de assunto.
  - Tudo bem. - nem percebi que tínhamos acabado de comer.
  Saímos para fazer compras e saímos com ''algumas sacolinhas''. Foi muito divertido ter esse momento só de garotas, nós rimos muito e zuamos muito também, parecia os bons e velhos tempos.
  Quando voltamos ao hotel já eram cinco da tarde. Mark ficou bravo mas nem se importou realmente. Natty não falou muito sobre Nick durante nossas compras e percebi que aquilo a distraia mesmo.
  Fomos para o show. Entramos no palco e a agitação tomou conta de Natty e de mim. Dei o máximo que eu podia.
    Emi: off
    Natty: on
  O show foi demais. Todos estavam bons e animados. Assisti ao show dos meninos, o que eu vinha fazendo todos os shows ultimamente. Não queria ficar longe dos meus amigos. Sentiria muita falta disso.
  A apresentação acabou. Meu coração parou e eu não entendi muito bem o porque mas deve ser por causa do tempo estar voando.
  Fomos todos dentro de uma van para o lugar onde estávamos hospiedados. Estava sentada na janela observando as estrelas. Nick segurava a minha mão percebendo que algo não estava muito bem. Chegamos ao hotel.
  - Quero te mostrar uma coisa - ele me disse enquanto estávamos no elevador. - Me encontre no 12º andar, enfrente do elevador em 20 minutos. - ele terminou de dizer, me beijou e saiu do elevador para o andar dele.
  Andei até meu quarto pensando no que Nick tinha para mim. Chegando ao quarto, coloquei um jeans no lugar no micro short e continuei com a mesma blusa e a jaqueta.
  Nick já estava me esperando no andar combinado, ele entrou no elevador e apertou o botão que indicava o ultimo andar. Ele segurava minha mão sabendo que eu estava preocupada.
  - Olha Natty, - ele disse - Pare de viver no futuro. Sei que a situação é difícil, mas tente ficar aqui. Eu também estou com medo de te perder, mas fique no presente. - eu me virei para vê-lo e o abracei forte, sentindo seu cheiro - Vai ficar tudo bem. - ele beijou meu cabelo
  - Eu só tenho medo de você esquecer. - eu disse colando minha orelha no ombro dele. - Eu sei que nós vamos ter que seguir em frente, mas - eu descolei eu rosto do corpo dele e o fitei - só peço para não me esquecer, porque tudo que vão sobrar vão ser as lembranças e o tanto que eu te amo não vai fazer diferença quando estivermos em países distantes.
  - Calma, - ele respondeu delicadamente - não nunca te esqueceria, nem que você fosse abdusida e nunca voltaria, eu nao te esqueceria. - eu achei graça do que ele disse e dei um sorriso, mas eu não pude evitar que as lágrimas não saíssem dos meus olhos.
  Nick colocou a mão em meu pescoço e me beijou suavemente. Parecia beijo do filme, demorado, apaixonado, e maravilhoso. Eu segurei sei rosto e dei vários beijinhos até chegar no pescoço e o abracei.
  - Eu te amo - eu dizia a cada beijinho que dava nele e ele passava as mãos nas minhas costas fazendo carinho. - E prometo que vou tentar ficar aqui. Juro que vou tentar. - respondi ao que ele me disse primero, mas senti que era em vão, pois era mesmo muito complicado não pensar no que estava por vim
  Chegamos ao último andar e me levou a um lugar onde supus que daria onde pousavam os helicópteros.
  - Nick, podemos estar aqui? - perguntei com medo.
  - Não. - ele respondeu com um sorriso malicioso - Mas é bom quebrar as regras de vez em quando. - nós rimos e terminamos de subir. Estávamos de mãos dadas e ele me puxou e me abraçou. Nick olhou fundo nos meus olhos e começou a beijar meu pescoço. Fechei meus olhos para curtir minha pele pegando fogo por onde ele passava os lábios.
  - Olhe para o céu. - Ele disse nos meus ouvidos. Eu obedeci.
  O céu estava estrelado. Um maravilhoso céu negro com pontos brilhando por todos os lugares que eu olhava.. Sorri por um momento memorizando esse momento. Eu nos braços das pessoas que eu amava, olhando o céu junto a ele.
  - Procura a Ursa Maior (*N/T: constelação do Hemisfério Norte*) - ele disse delicadamente brincando com uma mecha do meu cabelo. Procurei a constelação intrigada com o mistério dele.
  - Ali. - respondi quando localizei as estrelas.
  - Ok. - ele sorriu. - Agora, pegue seu polegar e a partir da última estrela ao sul vai descendo quatro vezes. Assim. - ele me mostrou como se fazia. Eu o imitei, pegando meu polegar e fui o colocando até dar quatro vezes o tamanho do meu dedo. - Está vendo aquela estrela brilhante embaixo do seu dedo? - Acenei com a cabeça sorrindo, embora não tivesse entendendo nada. - Aquela estrela é visível tanto aqui quanto lá na América do Sul. Pesquisei na internet e lá ela fica ao lado esquerdo de uma constelação chamada Três Marias. Aqui ela brilha mais e sempre que olhá-la, lembre-se de mim. Eu também vou lembrar de você quando vê-la, pois ela se chama Natalie Alburquerque.
  - Oh Nick! - exclamei dando-lhe um abraço e vários beijinhos no rosto dele. Não conseguia controlar minha. Nick havia comprado uma estrela para mim! - Obrigada! Obrigada! - eu dizia entre os beijos. Eu soltava lágrimas de felicidade e parecia que ele estava feliz com minha reação, pois seu rosto estava lívido.  - Você é o melhor namorado do mundo!
  - Você é a melhor pessoa do mundo! - eu sorri e depositei meus braços em volta do seu pescoço olhando fixamamente nos seus olhos. - Acho que agora eu vou te beijar. - nós sorrimos.
  - Acho que eu vou gostar. - ensaiei uma cara de duvida e ele me beijou. Um beijo demorado e calmo. Agora eu estava bem aqui. Éramos apenas eu, ele e nossa estrela. Tudo estava bem. Os lábios deles se encaixavam perfeitamente bem nos meus e nossas línguas brincavam entre elas. Eu sentia meu corpo queimar.
  Sentamos no chão e ficamos conversando. Queria dizer que fizemos planos para o futuro, mas o futuro mais uma vez era incerto. Tentei controlar minha cabeça no agora e funcionou. Não preocupei mais.
  Quando fomos para o nossos quartos, Nick se despediu com um beijo na minha mão.
  Ele era tudo o que eu queria, precisava e amava. Tudo para mim era ele. Nick é perfeito. Ele me fazia sentir algo diferente, algo bom, como se cada dia fosse algo novo e maior.
  Adormeci e sonhei com meu príncipe encantado e meus amigos, todos felizes para sempre.


E ae gente! Desculpa se eu sumi mas é que minhas aulas começaram e tá td mto diferente. Gente, meu pc vai pifar de tanta foto dos Joninhas! uashua. Aqui está o capítulo. Me digam o que vocês acharam! Eu acho que esse está menor que o outro. Tava com saudade de vcs, 5 comentários para o próximo, hem? BJONASSS!
Respondendo:
*Sôoh*: Oi chará!! Q bom q vc gosto. eu passei lá, msm depois de uma eternidade. O capitulo tah ae. Bjonas.
Loisi: Vlw flor. brigada. bjinhos.
Ricele: ashuahsa, é, eles voltaram. Ah, dnd pelas dicas, afinal, akele negocio é msm complicado e vlw por seguir. Dessa vez eu naum empolguei (eu acho :S). Bjonas!
Dudah: Seja bem vinda! eu visitei lá e adrei. Já divulguei como vc pediu. =]. Bjonas.
Clara Lima: Divulguei seu blog e kero mto ler a fic.=D. Ajudo sim. pega o msn do blog: mudandodvida@hotmail.com, dae a gente conversa e eu te ajudo. Bjus

6 comentários:

IrisMachado disse...

Hello!
Eu sou a Iris Machado, sou nova nis blogspot.
Bem, eu tenho dois blog: Fics: http://whenyoulookmeinthe-eyes.blogspot.com/
pessoal: http://whenyoulookmeinthe-eyes.blogspot.com/
Espero que visites!
E que gostes da minha fic, que ainda nao começei a postar xD Mas irei começar em breve. E peço que divulgues!!
GOD BLESS :)

IrisMachado disse...

Pessoal: http://just-myteenagelife.blogspot.com/*

Cristal Negro disse...

oiii vc acaba de ganhar um selo de melhor historia envolvente.
bjs...

http://ystheffanie.blogspot.com/2011/02/selo-de-melhor-historia-envolvente.html

cla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
19 adolescentes muita confusão! disse...

OMG Continuaaa! To amando a história, sei que é o 4° comentário, mas pense pelo lado bom... Você ganhou uma seguidora do seu blog! Bjs! Será que vc poderia divulgar meu blog? WWW.19adolescentesemuitaconfusao.blogspot.com? Brigada!

Mah disse...

OIEE [desculpa(d-novo)por demorar pra postar o comentário do outro cap, se sabe como ta tdu corrido pra gente agora] q triste esse cap por ter q fica pensando quando a natty for embora mas mesmo assim AMEII.
BEJONASS AND I MISS YOU.
PS:WIIIII(ta ñ fez sentido isso , eu sei to assistindo os videos do felipe então acho q tô sendo um pouco influenciada) BJUSSS